Confeiteiro

Blog amigo do confeiteiro completo para iniciantes e profissionais

Todos sabemos que o bolo confeitado é bastante utilizado em eventos comemorativos familiares, sociais e coorporativos e o a decoração do bolo faz a diversão da festa.

Estima-se que a profissão do confeiteiro tenha iniciado no Egito antigo, claro, que de maneira diferente da confeitaria atual na qual conhecemos hoje. E apesar do tempo de existência existem diversas pessoas que não os sabem preparar.

No entanto, os primeiros confeiteiros no Brasil tiveram início após a segunda guerra mundial, com confeiteiros franceses já famosos em gastronomia na época com diversos tipos de doces requintados. No primeiro momento os confeiteiros trabalharam em padarias por não existir doceria especializada, durante essa fase os brasileiros aprenderam as primeiras técnicas de manuseio do chantilly, massa folhada e entre outras.

No blog do confeiteiro iremos deixar você informado sobre tudo no mundo da confeitaria e técnicas para fazer seu bolo confeitado de maneira profissional.
Desde todos os ingredientes, e para quem diz que é só bater os ingredientes e estar tudo pronto, vamos mostrar todos os truques e como fazer bolos para consumo dentro da sua casa ou até mesmo ganhar dinheiro com bolo confeitado.

Como em toda profissão na confeitaria não é diferente, algumas características são necessárias para que o confeiteiro tenha um trabalho de sucesso no mercado.

Para quem tem desejo de abrir uma confeitaria e não tem noção do perfil adequado para o confeiteiro, iremos abordar as principais e desejadas características para o profissional.

01 – Criatividade
Ao longo do tempo a confeitaria foi se reinventando e hoje não abasta ser o melhor confeiteiro, mas é de grande importância que o confeiteiro tenha criatividade no momento de combinar diversos sabores, criando produtos diferenciado agregando um valor maior e conquistando um número maior de clientes.

02 – Detalhista
Na confeitaria requer bastante atenção aos detalhes, bem como, a disposição da criatividade o confeiteiro não pode relaxar no momento das coberturas, frutas e objetos utilizados, um ponto chave para quem vai comprar o bolo e que faz toda diferença.

03 – Persistência
A persistência é fundamental em todos os projetos, o confeiteiro deve agir de maneira esforçada e focada, dessa maneira, não deixar se abalar e assim, desistir facilmente as críticas forem surgindo ao longo do caminho, a persistência tem uma característica muito forte deixando pessoas vencedoras.

04 – Organização
Todo e qualquer ambiente de trabalho requer uma organização e na confeitaria não é diferente, o profissional vai conseguir qualidade ao desenvolver seu trabalho e irá aumentar sua produtividade no ambiente de trabalho.

05 – Novidades e tendência do mercado
Vivemos em um mundo com constantes atualizações, o confeiteiro deve se mostrar atento e atualizado ao mercado de confeiteiro, conseguindo se manter no mercado e oferecer aos clientes as últimas tendência de doces, sem glúten, sem açúcar.

06 – Higiene
Em ramos que disponibiliza alimentação é de grande valia um extremo cuidado com a própria higiene do confeiteiro, seus auxiliares e no local de ambiente de trabalho, dito isso, os cuidados com os alimentos devem ser redobrados a fim de evitar contaminações.

Bolo confeitado simples

Bolo confeitado simples

Bolo confeitado sempre é muito desejado para aplicar um charme…

Bolo confeitado para mulher

Bolo confeitado para mulher

No quesito de bolo confeitado as mulheres são as mais…

Bolo confeitado para homem

Bolo confeitado para homem

Com grande diversificação em bolos confeitados, iremos abordar as principais…

Bolo confeitado infantil

Bolo confeitado infantil

Comemorações infantis ao longo do tempo foram ganhando diversas diversificações…

Como fazer uma decoração profissional no meu bolo?


Se você espera agradar e conquistar um número alto de clientes ou decorar um belo bolo em uma data especial é importante planejar para assim surpreender a todos.
Procure vídeos do bolo desejado, recomendações sobre onde encontrar ingredientes pois a qualidade deles é importante, informações de tempo para preparo e técnicas que devem ser aplicadas para o sucesso do seu bolo.

Qual bolo decorado você vai utilizar?

O que você pensa em servir bolos, salgados, sobremesas…

Veja se suas formas estão ok? Com qual tipo de forma você vai querer trabalhar forma redonda, quadrada de bolo inglês, assadeira retangular ou com furo no meio.
É necessário se fazer essas perguntas com folga para o evento, evitando imprevistos na confecção do bolo, lembrando que alguns desses itens pode haver dificuldades para encontrar no mercado, com isso, evitando contratempo na confecção.
Então é importante que pelo menos 07 dias antes você já tenha todos os ingredientes comprados e se possível criar uma lista com tudo que irá precisar para decorar seu bolo.

Tipos de massas ideias para utilizar na decoração do seu bolo confeitado
Sem dúvidas você conhece ou já ouviu falar em pasta americana que é muito utilizado pelos confeiteiros brasileiros.

Então qual massa utilizar para decorar o bolo?

Essa dúvida sempre surge entre diversas pessoas no momento de decorar seu bolo, qual massa é ideal para determinado tipo de bolo o que deve ser utilizado com cada tipo de massa para decoração do bolo.
E o ponto que divide opiniões entre diferentes profissionais da confeitaria…
Iremos dar dicas de como utilizar e em qual momento utilizar as principais massas para decorar seu bolo e cupcakes da maneira correta e com a massa ideal, sendo que alguns deles podem ser bem parecidos, porém, aplicado da maneira certa irá fazer toda a diferença no resultado.
Dessa maneira o Blog do Confeiteiro juntamente com opinião de especialistas iremos abordar a situação ideal para utilização de pasta americana, massa de pastilhagem, massa para flores e massa elástica.

Pasta americana: 

tem um ótimo resultado para cobrir os bolos, visando um acabamento liso e uniforme para a decoração, sendo bastante utilizada para momentos que não são utilizadas em modelagens com bastantes detalhes. Por não ficar fina o suficiente para as moldagens sem quebrar então o mais importante é para utilização para cobertura de bolo uniforme e ressaltar que a pastar americana pode ser tingida e saborear. E o Curso Confeitando Sem Segredos é considerado o melhor curso com um domínio exclusivo voltado para pasta americana, focado em especialização. 

Massa elástica: 

Já sendo ideal para modelagens permitindo a criação de objetos como laços, construir humanos, flores e drapeados pois ela permite que a massa fique fina e permitindo a modelagem ao final a massa fica seca e firme.

 

Massa para flores: 

Tem como diferencial permitir resistência à umidade e grandes variações no ambiente sem qualquer prejuízo, podendo também ser utilizada para confecção de flores permitindo fidelidade na tonalidade de cor e podendo ser confeccionadas com antecedência, caso seja conservada das luzes.

Massa de pastilhagem: 

É semelhante a pasta americana, sendo que é mais seca e mais consistente diferentemente da pasta americana não é recomendado o uso da massa de pastilhagem para cobertura de bolos e cupcakes, sendo que no final será muito consistente e podendo ser desagradável ao paladar sem contar a dificuldade que pode trazer ao corte do bolo. A utilização da massa de pastilhagem é voltada para confecção de figuras grandes a exemplos de castelos, árvores, casinha e permitindo que a imaginação voar longe.

Uma comemoração inesquecível poderá ser feita com um bolo surpreendente tanto aos olhos como no sabor.
Blog do confeiteiro.

Dica: 

Para o sucesso do bolo é importante garantir as medidas de volumes dos ingredientes, é importante a utilização de uma balança para garantir as medidas e reduzir a chance erros. Lembrando também que será reduzido o desperdício de ingredientes.

Modelagem:
Algo importante na confecção dos bolos confeitados é a modelagem de pelas ou elementos para a decoração partindo do princípio que cada peça será primeiro modelada e em seguida deve ser transformada.

1 – Modelar
E importante ter em mente antes de elaboração, as dimensões de cada parte, qual será menor e qual será maior e quantas vezes será maior.

2- Tamanho das peças
Para que fique mais claro, imagine um urso e a modelagem deve ser feita de maneira separada de cada membro, ou seja o tamanho da perna não poderá ser maior que o troco e nem menor que a cabeça do urso.


3 – Dividir em porção de massa para cada parte
É importante antes de iniciar dividir em partes tudo o você irar modela durante o projeto, dividindo em cilindro cada parte a ser modelada, sem que tenha diferença de outras partes.